VOLTAR AO TOPO
Leilão Beneficente
Hospital Escola quer comprar equipamento com Leilão de Gado e Arte
Assessoria de Comunicação e Marketing AISI/FMIt/HE 07/06/2016 15:48

Hospital Escola quer comprar equipamento com Leilão de Gado e Arte

Vem aí sensacional Leilão Beneficente de Gados e Artes em prol do Hospital Escola de Itajubá (HE). O evento, organizado pela Canadá Leilões e Negócios Rurais, será realizado em 19 de junho de 2016, a partir das 15 horas, no Centro de Rodeios Paulo Max, em Piranguinho. Todo o recurso arrecadado será usado para a compra de equipamentos para o Hospital Escola.

“Nosso objetivo é usar nosso trabalho e experiência para ajudar o Hospital Escola, referência de atendimento em toda a região, na compra de modernos equipamentos. Acreditamos que ganhamos todos nós com esta atitude, em especial a população, que terá acesso a exames com o que há de mais moderno no mercado”, explica Paulo Cesar Lisboa, diretor da Canadá Leilões.

Paulo César destaca que pessoas ou empresas interessadas em doar objetos, gado ou mesmo dinheiro para o leilão podem entrar em contato pelo telefone (35) 99929-0505. “Toda ajuda, neste momento, é bem-vinda”, ressalta. Ele conta ainda que a organização do evento oferecerá uma feijoada aos participantes. “Esperamos que seja uma tarde agradável a todos”, diz.

A ideia do Leilão de Gado e Artes nasceu dentro do Hospital Escola diante da necessidade de fazer investimentos para a compra de um Arco Cirúrgico: o equipamento é um raio-x digital, em tempo real e de alta resolução, utilizado nos centros cirúrgicos para auxiliar os médicos em procedimentos minimamente invasivos e mais rápidos, além de garantir uma recuperação melhor para os pacientes.

“Temos feito muitos investimentos no Hospital Escola nos últimos anos, graças a convênios com a Secretaria de Estado da Saúde. Mas são recursos destinados à reforma e ampliação de nossas instalações, como da Maternidade – que teve sua ampliação e modernização inaugurada recentemente”, explica o diretor administrativo do HE, Fábio Montanari. Mas ele lembra que a aquisição de equipamentos e seu custeio são de responsabilidade da instituição e mantenedoras, – Associação de Integração Social de Itajubá (AISI) e Fundação Dr. Sebastião Pereira Rennó.

Fábio Montanari lembra que o cenário de retração econômica pelo qual passa o país dificulta os investimentos. “Atuamos em uma área sensível: para melhor atender aos pacientes e auxiliar os médicos nos seus diagnósticos e tratamentos, é preciso estar constantemente se atualizando com tecnologia de ponta, o que acaba sendo prejudicado por conta da falta de recursos”, completa.

O HE já possui um Arco Cirúrgico, que tem dez anos de uso e está obsoleto no que diz respeito à tecnologia de imagem. Outro problema é o software do aparelho que já está ultrapassado. Os softwares atuais são mais modernos e auxiliam o médico a fazer um procedimento mais rápido e mais efetivo.

SAIBA MAIS SOBRE O HE:

O Hospital Escola de Itajubá é mantido pela Associação de Integração Social de Itajubá (AISI) e compõe o grupo de "Hospitais Referência" na Macrorregião Sul do Estado, em procedimentos hospitalares de média e alta complexidade. A instituição é referência direta para 15 municípios (Itajubá, Brazópolis, Conceição das Pedras, Consolação, Delfim Moreira, Gonçalves, Maria da Fé, Marmelópolis, Paraisópolis, Pedralva, Piranguçu, Piranguinho, São José do Alegre, Sapucaí Mirim e Wenceslau Braz).

Classificado como Hospital Geral de Ensino, certificado pelo Ministério da Educação e Cultura e Ministério da Saúde, possui serviços de internação hospitalar nas áreas de Clínica Médica, Clínica Cirúrgica, Maternidade, Pediatria, Apartamentos e Unidades de Terapia Intensiva Adulto e Infantil.

O HE possui serviços de Alta Complexidade, sendo referência secundária e terciária na região em atendimentos eletivos e de urgência, estando inserido no Programa da Secretaria Estadual de Saúde de Minas Gerais, PRO-HOSP.

SAIBA MAIS SOBRE O ARCO CIRÚRGICO:

"Arco Cirúrgico" é o nome dado a máquinas de raio-X especializadas, devido ao seu formato arqueado, semicircular. Esse equipamento usa raios-X para formar imagens, mas é projetado para trabalhar com menores doses de radiação.

O arco cirúrgico é um equipamento de raios-X no qual é possível produzir imagens em tempo real com até milhares de tons cinza por meio de geração de imagens digitais. O equipamento permite elaborar diagnósticos por imagem instantânea, sendo a solução mais eficiente atualmente nos centros cirúrgicos.

São normalmente utilizados nos seguintes procedimentos cirúrgicos: Cirurgia Geral, Urologia, Ortopedia, Cirurgia Vascular/Endovascular, Radiologia Intervencionista, Neurocirurgia, Implantes de Marca-passos, entre outros.

Muitos avanços tecnológicos na medicina ajudaram a tornar os procedimentos menos invasivos e mais confortáveis para os pacientes. Esses avanços permitem que os médicos e pacientes vejam os resultados em menor tempo, como, por exemplo, redução do tempo cirúrgico, menor tempo de permanência do paciente dentro do hospital, recuperação mais rápida para o retorno as suas atividades do dia a dia.

Bill Souza | Rafael Melo - Contexto Assessoria em Comunicação)

 

Divulgação

AISI/Faculdade de Medicina: (35) 3629-8700 Hospital Escola: (35) 3629-7600

AISI - Institucional

187572 Visitas
1 Online

Associação de Integração Social de Itajubá Av. Renó Júnior, 368 | São Vicente | CEP 37502-138| Itajubá - MG