VOLTAR AO TOPO
Pacientes do HE passam por técnica minimamente invasiva para tratar arritmias cardíacas
O procedimento de alta complexidade, inédito na Instituição, está associada às alterações cardíacas
Assessoria de Comunicação e Marketing AISI/FMIt/HE 22/12/2016 08:40

   O Hospital Escola da Faculdade de Medicina de Itajubá (HE) realiza, além das cirurgias para implante de marca-passo, estudos eletrofisiológicos que avaliam as propriedades elétricas do coração e checam riscos de arritmias, indicação de próteses elétricas, dentre outros distúrbios cardiovasculares. Os estudos, que servem como diagnóstico e terapêutica das taquicardias, são coordenados pelo cardiologista e arritmologista Dr. Dalmo Antônio Ribeiro Moreira, com a colaboração do Dr. Antônio Carlos Assumpção (Caio), da mesma especialidade.
   No último dia 05, ex-alunos da FMIt especialistas em Eletrofisiologia, uniram-se à equipe do HE - a convite dos coordenadores, para realizar um procedimento de alta complexidade, inédito na Instituição, denominado ‘Ablação de Fibrilação Atrial’.  Esta arritmia está associada às alterações cardíacas, mais incidentes com o passar dos anos,  causando vários transtornos, dentre eles o risco de Acidente Vascular Cerebral Isquêmico (AVC), popularmente conhecido como derrame. 
      Dr. Fábio Kirzner Dorfman (XXVI Turma FMIt) e Dr.  Muhieddine Omar Chokr (XXXIV Turma FMIt) explicam que a técnica “PVAC - Ablação para isolamento das veias pulmonares com cateter circunferencial”, associada a um ecocardiograma intracardíaco, possibilita visualização mais detalhada das estruturas cardíacas, permitindo posicionamento minucioso do cateter para realizar as cauterizações dentro do coração. “Através dessa técnica minimamente invasiva, as chances de sucesso no tratamento chegam a 80%, quando diagnosticado precocemente”, contam os especialistas.
        Dorfman e Muhieddine salientam que o conhecimento, a técnica e os equipamentos especiais disponíveis no HE permi-tiram a realização do procedimento,  até então vinculado aos grandes centros.“Equipamentos especiais, agregados à equipe qualificada e à infraestrutura que o Hospital Escola oferece, possibilitaram a realização de cirurgias rápidas e seguras para os pacientes da Instituição”, completaram.           
     O procedimento aconteceu na Sala Híbrida do HE, e a previsão é que seja um serviço ofertado aos pacientes de Itajubá e região, inicialmente para particulares e conveniados. 
    Também presente na intervenção a cardiologista Dra. Anaci Maria Nogueira Wood Noronha (XXXIX Turma FMIt),  que está finalizando sua especialização e, posteriormente,  ficará em tempo integral no HE. 
       

Clique para ver imagens da notícia

Divulgação

AISI/Faculdade de Medicina: (35) 3629-8700 Hospital Escola: (35) 3629-7600

AISI - Institucional

196930 Visitas
1 Online

Associação de Integração Social de Itajubá Av. Renó Júnior, 368 | São Vicente | CEP 37502-138| Itajubá - MG